Por que ir a escola é importante nos primeiros anos de vida

A construção da identidade e a descoberta do outro acontecem durante o convívio com colegas e professores O início da vida escolar é um momento de descobertas para a criança. Antes acostumada ao cotidiano da família e ao contato diário apenas com pais, irmãos e parentes próximos, ela se vê em um lugar diferente, com outros coleguinhas da mesma idade, diferentes cuidadores e horários a serem seguidos. Neste novo mundo, sua primeira descoberta é relacionada à sua própria individualidade. De acordo com a coordenadora pedagógica Sônia Campelo, da Rede Alfa, na educação infantil o primeiro grande objetivo para a criança é a construção da sua própria identidade. “Isso pode acontecer em casa, mas tende a ser mais difícil, pois ela realiza suas ações de acordo com as decisões do responsável. Já na escola, ela começa a ter consciência do seu próprio eu quando a professora a chama pelo seu nome, percebe que tem a sua cadeira, um lugar para sua mochila, sua lancheira, seus materiais escolares. A criança descobre que existe enquanto pessoa, que possui seu espaço e voz ativa”, explica. O segundo objetivo mais importante é a descoberta do outro. Em casa, a criança fica restrita ao contato com a família ou no máximo com algum vizinho. Na instituição de ensino, ela terá vários colegas para disputar o espaço, os brinquedos e até mesmo a atenção dos professores. Durante as interações com o outro, o aluno aprende a se impor, a compartilhar, lidar com as frustrações, a dividir e a administrar situações as quais não […]

Educação Infantil: Principais receios que pais têm ao deixar crianças pequenas na escola

  Os benefícios proporcionados pelo ambiente escolar devem superar o receio dos pais de matricular os filhos pequenos na escola   Um dos dilemas enfrentados por muitos pais é saber a hora certa de colocar seu filho na escola pela primeira vez. É natural que muitas incertezas e medos venham à tona na hora de decidir quando será o momento mais propício para a criança ingressar na educação infantil. A maioria tem receio de que os filhos não se adaptem à nova realidade, tenham dificuldades de socialização, fiquem doentes com frequência, chorem por sentir falta da família ou de casa, não se alimentem direito, não consigam comunicar suas necessidades ou não sejam cuidados como o desejado. “Nós buscamos mostrar aos pais que, mesmo no coletivo, seus filhos estão sendo olhados e cuidados”, afirma a coordenadora pedagógica Sônia Campelo, da Rede Alfa. Sônia explica que é natural a família ter receio de matricular as crianças pequenas na escola. Mas existe a necessidade de avaliar os benefícios que a educação infantil pode trazer para a evolução social, cognitiva e motora de uma criança. A interação com outros indivíduos, a participação em atividades dirigidas de acordo com a fase de desenvolvimento e a descoberta de um mundo diferente promove novas sensações, experiências e percepções que acompanharão esta criança por toda a vida. Hoje, com as famílias cada vez menores e sem a possibilidade de brincar na rua com os vizinhos, por exemplo, a escola é um lugar privilegiado, no qual a criança tem a chance de conviver com seus […]